ATUALIZE O SEU CADASTRO

Sindicato protesta com bananada na porta do BB em Jundiaí

Um protesto do Sindicato chamou a atenção no centro de Jundiaí hoje pela manhã. Foram distribuídas bananas aos funcionários, clientes e usuários do Banco do Brasil. O protesto é uma resposta à banana que o banco deu aos seus funcionários na mesa de negociação. Além de não implantar o plano odontológico, o PCCS não avança. O sindicato ainda cobrou providências da Cassi, pois a rede credenciada na região continua piorando. Clientes e pessoas que passavam na rua apoiaram o protesto que, apesar de bem-humorado, teve forte caráter de cobrança. Foram colados cartazes e afixadas faixas, com menções ao descaso com a Cassi, a falta de proposta no PCCS e relativas ao não cumprimento de prazos combinados com as entidades sindicais.

“Não podemos aceitar o descaso com os compromissos assumidos pelo BB. O plano odontológico era para ser implantado em Julho de 2009, adiou-se para Janeiro de 2010 e até agora não foi resolvido e o BB sequer esclarece as razões. É uma grande falta de respeito. A mesa de negociação do Plano de Carreira, Cargos e Salários não apresenta novidades. Faz anos que o BB só enrola os funcionários nesta questão”, resume Paulo Eduardo Malerba, diretor do sindicato e funcionário do banco.

A qualidade no atendimento e a falta de funcionários voltaram à pauta durante a manifestação. “O BB precisa agilizar a contratação de novos funcionários e pensar no redimensionamento constante das agências, caso contrário, continuaremos a encontrar as agências lotadas, funcionários estressados e clientes mal atendidos”, avalia Álvaro Pires, secretário geral do sindicato e funcionário do BB/Nossa Caixa.

A repercussão no centro da cidade foi grande e chamou a atenção de centenas de pessoas que estavam no centro no 5º dia útil. O sindicato ainda entrou nas dependências da Agência Centro e Gerev Jundiaí distribuindo bananas e o expresso dos bancários sobre o protesto.

Compartilhe!