Política de Privacidade

Quem nós somos? 

 
O Sindicato dos Bancários de Jundiaí e região, referido como “Sindicato” nesta política, é uma entidade sindical, pessoa jurídica de direito privado, com endereço à Rua Prudente de Moraes, 843, Jundiaí/SP, CNPJ: 58.377.441/0001-97, cujo objetivo é representar na esfera trabalhista os bancários, financiários e os trabalhadores do setor financeiro. 
 
De acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados “LGPD” (Lei Federal n° 13.709/2018), o Sindicato irá controlar, na maior parte do tempo, os dados de trabalhadores do setor financeiro junto à entidade, sendo responsável por cuidar do uso adequado e seguro de suas informações.
 

Nós respeitamos a sua privacidade. 

 
 

Dados que coletamos

 
Essas regras se aplicam a todos os serviços oferecidos pelo Sindicato, seja em formulários, site, redes sociais, portais, telefone e plataformas digitais. 
 

Associados

 
Para se tornar sócio do Sindicato, o trabalhador precisa preencher o formulário físico ou digital, no qual serão solicitadas as seguintes informações: Nome completo, endereço residencial, telefone, celular, e-mail, data de nascimento, sexo, estado civil, RG, CPF e assinatura física ou digital, banco e agência em que trabalha, cargo, matrícula, data de admissão e dependentes. 
Os dados são usados unicamente com objetivo de relacionamento com o Sindicato e seus parceiros. 
 

Representados associados e não associados

 
O Sindicato representa legalmente associados e não associados. Portanto, poderá receber os dados pessoais e profissionais de empregados do setor financeiro associados ou não à entidade, tanto oriundos das entidades de grau superior ao qual o Sindicato esteja associado ou afiliado, quanto dos empregadores, sendo responsável pela guarda e segurança dessas informações, cujo propósito será apenas a validação dos dados para atividades sindicais e de representação trabalhista.
O Sindicato poderá receber dados pessoais, profissionais e informações financeiras sobre descontos em folha de pagamento ou conta corrente previstos na legislação ou Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para conferência.  
 

Navegação pela internet

 
Durante a navegação pelo site, App, e demais plataformas digitais do Sindicato, diferentes informações podem ser coletadas automaticamente do visitante, com objetivo de monitoramento, controle e aprimoramentos tecnológicos.
 Os dados coletados podem ser: endereço de IP, informações sobre o dispositivo utilizado na visita, acessos a serviços, notícias e produtos, contagem de visualizações, geolocalização e páginas visitadas em outros sites. 
Nas redes sociais, a política de privacidade da empresa proprietária da plataforma do serviço prevalece. Dados sobre comentários, enquetes, curtidas, reações, interações e engajamento podem ser coletados e armazenados pelo Sindicato.  
Em ligações telefônicas, contatos pelo WhatsApp ou outra rede de comunicação, mensagens de e-mail, e outras formas de contato pessoal ou remoto, podem ser solicitadas e armazenadas informações pessoais, inclusive de não associados, como nome, RG, CPF, banco, agência, e-mail, telefones, para garantir a identidade e a segurança da ligação e eventual retorno. 
 

Armazenamento

 
Os dados pessoais de associados, coletados pelo Sindicato, são armazenados por meio de software seguro desenvolvido exclusivamente para a entidade, em servidor próprio, cujo acesso ocorre mediante senha para cadastramento, alteração e/ou consulta. 
 
As pessoas que possuem acesso a esse software e servidor, são identificadas por login próprio e assinam, previamente, termo de confidencialidade e responsabilidade. Esta é a principal base de informações do Sindicato. 
 
Com vistas a garantir a disponibilidade dessas informações e seu backup, os dados poderão ser armazenados, processados e transferidos dentro e/ou fora do Brasil pelo Sindicato ou por nossos parceiros, com segurança e confidencialidade, nos termos dessa Política de Privacidade e da legislação.
 

Utilização dos dados de associados 

As informações serão ou poderão ser compartilhadas:
a) com o empregador, para a realização mensal do desconto em folha de pagamento, sendo apenas os seguintes dados: matrícula sindical, data de associação, nome, banco e agência, cargo e função, matrícula funcional e assinatura. 
b) com empresas conveniadas: Os dados serão validados para proporcionar descontos em convênios, mediante solicitação de interesse do associado para si próprio e/ou seus dependentes. As informações a serem encaminhadas aos parceiros conveniados, nestes casos, são: nome, CPF, banco e data de associação ou vínculo de parentesco no caso de dependentes. 
c) para a realização de cursos e participação em atividades e eventos sindicais: organizados pelo Sindicato, Federação, Confederação, Central Sindical ou departamento de pesquisa, ao qual o Sindicato seja associado ou afiliado. Para tanto, serão compartilhados apenas os dados necessários para validação de cadastro e contato: nome, RG, CPF, empregador, telefone, e-mail.
d) para votações e assembleias “online”: o Sindicato poderá disponibilizar os dados de seus associados para a Federação, Confederação, Central Sindical ou departamento de pesquisa ao qual esteja associado ou afiliado, com objetivo de realizar votações à distância. Os dados fornecidos podem ser: Nome, CPF, RG, matrícula funcional e sindical, e-mail e telefones.
f) para pesquisas: O Sindicato poderá fornecer os dados necessários para elaboração de pesquisas junto à Federação, Confederação, Central Sindical ou departamento de pesquisa ao qual esteja associado ou afiliado, com objetivo de melhor conhecimento sobre a realidade da categoria bancária e dos trabalhadores.
e) para encaminhamento de informações pelo Sindicato ao associado, seja de interesse coletivo da categoria ou individual do trabalhador, utilizando-se de e-mail, WhatsApp, SMS e outras ferramentas de comunicação. O associado poderá solicitar a exclusão deste serviço.
 

Processos judiciais

 
Em casos de demandas judiciais, com vistas a garantir e obter direitos aos seus representados, associados ou não, o Sindicato, como substituto processual, pode utilizar-se dos dados que possui, sejam eles fornecidos pelo trabalhador, pelo empregador ou autoridades públicas, para ingressar, manter, contestar e executar ações judiciais. 
 
 

Prestadores de serviços

 
Os funcionários, diretores do Sindicato, empresas prestadoras de serviço de comunicação e informática que, em razão de suas atividades, precisarem ter acesso a dados de associados ou dados automáticos de navegação, devem assinar termo de confidencialidade e responsabilidade quanto ao conhecimento e compartilhamento das informações. 
 

Autoridades Governamentais

 
Para cumprir determinações legais, judiciais e administrativas, ou exigir o cumprimento de determinações em quaisquer âmbitos, inclusive desta Política de Privacidade, o Sindicato poderá utilizar as informações de associados e não associados que possui.   
 

Responsável

 
O Secretário-Geral do Sindicato será encarregado pela proteção e fiscalização de dados nos termos desta política de privacidade e da legislação. 
 
 

Site do Sindicato

 
 
O Sindicato poderá realizar melhorias de forma permanente na política de privacidade e quaisquer mudanças estarão disponíveis nesta página. Leia atentamente esta política antes de utilizar nossos serviços.