Sindicato denuncia BB no Ministério Público

O Banco do Brasil, maior banco do país, vem demonstrando o seu descaso com os deficientes físicos nas agências da Vila Rami, Cajamar e Caieiras.

 

Os guichês de caixas nestas agências estão situados em andar superior, sem nenhuma acessibilidade às pessoas com mobilidade limitada ou portadores de deficiência física, desrespeitando desta forma a Lei Federal 10.098/2000 e o decreto 5.296/2004, que dizem respeito à obrigatoriedade de assegurar o acesso universal aos espaços de utilização pública.

 

Desde 2009, o Sindicato tem procurado os gerentes gerais das agências, além dos Gerentes Regionais, Sr. Carlos Henrique dos Santos e Sr. Cássio Benedito Daltoé, para solucionar o problema. No entanto, nenhuma providência foi adotada, levando o Sindicato a protocolar ofícios denunciando o banco nas promotorias dos três municípios em que estão localizadas as agências (Jundiaí, Cajamar e Caieiras).

 

“A agência do Banco do Brasil localizada na Vila Rami é a única agência da cidade a não atender as exigências da lei. Por se tratar de instituição pública, deveria ser exemplo de empresa que se preocupa com a acessibilidade”. – comenta Silvio Rodrigues da Silva Santos, diretor do Sindicato e funcionário do Banco do Brasil.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

 

Compartilhe!