Saúde e condições de trabalho inauguram processo de negociações da Campanha Nacional 2010

O Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancários) realizam, nesta terça-feira (24), às 15h, em São Paulo, a primeira rodada de negociação da Campanha Nacional Unificada 2010.

O tema a ser abordado será saúde e condições de trabalho, e isso não por mera casualidade. Mas porque os bancários estão realmente preocupados em solucionar situações que os estão levando ao adoecimento. Conforme pesquisas realizadas pelos sindicatos na fase preparatória da campanha, a categoria elegeu o combate às metas abusivas e às práticas de assédio moral como uma das prioridades de luta.

“Saúde é necessidade vital para todo trabalhador e as metas sem limites, as metas individuais e as péssimas condições de trabalho estão adoecendo os bancários. Por isso, o combate às metas abusivas e ao assédio moral está no mesmo patamar de importância da luta por emprego e remuneração”, afirma Crislaine Bertazzi, diretora de Saúde da FETEC-CUT/SP.

O presidente da FETEC-CUT/SP, Luiz César de Freitas, o Alemão, aposta no diálogo com os banqueiros, no sentido de se obterem consensos que resultem em conquistas para a categoria. “Privilegiamos a mesa única e, assim, esperamos que os banqueiros também o façam, conferindo a seriedade necessária ao processo negocial. Também esperamos definir amanhã o calendário de negociações que proporcione o debate de todas as reivindicações dos trabalhadores da Campanha Nacional 2010.”

Lucimar Cruz Beraldo

Fonte: Fetec/CUT-SP

Compartilhe!