ATUALIZE O SEU CADASTRO

Quinta tem eleição para Conselho Fiscal do Banesprev. Vote Zé Reinaldo.

Na próxima quinta-feira, dia 14, os participantes e assistidos do Banesprev irão eleger seu representante no Conselho Fiscal, órgão que fiscaliza a aplicação do dinheiro dos banespainos pelo Fundo de Pensão.

A votação ocorrerá durante o expediente bancário. Nos municípios em que for feriado no dia da eleição, o pleito ocorrerá no dia útil imediatamente anterior.

Os funcionários da ativa votam o­nde trabalham, os aposentados na unidade em que recebem seus vencimentos e os autopatrocinados na agência de suas conta-correntes o­nde são efetuados os débitos das contribuições.

Para participar é preciso apresentar a identidade funcional ou documento com foto.

O candidato eleito terá alguns desafios a enfrentar já neste ano. Por isso, é importante escolher alguém de confiança e gabaritado para defender seus direitos no próximo período.

As entidades sindicais e de representação, entre elas a Afubesp, indicam o voto em Zé Reinaldo, que cumpre mandato no Conselho Fiscal do Banesprev e, anteriormente, foi eleito duas vezes para ocupar este mesmo cargo na Cabesp.

Ele é o único candidato que representa o pessoal do Plano II, além de reunir experiência e participação ativa em todas as lutas em defesa dos direitos dos banespianos.

Leia alguns dos desafios do representante eleito e o que Zé Reinaldo já fez pelos banespianos no Conselho Fiscal:

Plano II

O candidato eleito terá que lutar para reduzir o déficit do Plano II - que só existe em função de banco não ter cumprido suas obrigações financeiras para com o Fundo desde sua criação - por meio do aporte do serviço passado.

Devido à boa rentabilidade dos investimentos o déficit vem decrescendo (na última demonstração contábil, aprovada pelo Conselho de Administração, ele ficou em R$ 82,3 milhões, o que indica redução de mais da metade em relação ao trimestre anterior. Em 2008, o resultado negativo chegou a R$ 373 milhões), mas isso não tira a responsabilidade do Santander.

Outra questão a ser enfrentada está relacionada ao cumprimento do regulamento do Plano II sobre a aplicação do índice mais vantajoso ao participante (INPC ou Fenaban) para o reajuste dos benefícios, o que nunca havia ocorrido desde sua fundação.

Plano V

No caso dos participantes e assistidos do Plano V, um dos principais embates do conselheiro fiscal está relacionado às provisões e reservas matemáticas, que são indexadas pelo INPC e pelo IGP-M.

Na última demonstração financeira, aprovada pelo Conselho de Administração do Banesprev, houve uma inversão na condição do Plano V. Ele saiu de superavitário (no montante de R$ 18 milhões), em 30 de junho, para deficitário (no valor de R$ 317,9 milhões). Esta situação deve ser acompanhada pelos banespianos com muita atenção.

Isto é o que ZÉ REINALDO fez em sua primeira gestão no Conselho Fiscal. No início deste ano, depois de analisar os resultados, ele sugeriu o direcionamento do superávit conquistado para a alocação de recursos para empréstimos aos participantes e para a constituição de reserva de contingência, o que inclusive já foi aprovado em assembleia.

Plano Pré-75

Para este segmento, ZÉ REINALDO colaborou para que o Banesprev aprovasse a realização da A&LM (estudo que mostra a melhor forma de aplicação dos recursos financeiros do ativo/reservas em relação ao passivo/folha de pagamento), que era uma antiga reivindicação do Conselho Deliberativo do pessoal do Plano Pré-75.

Mudança estatutária

Vem aí uma dura batalha para evitar que o banco imponha sua vontade por meio de uma reforma estatutária que promete trazer muitos prejuízos aos colegas, principalmente, no que diz respeito à formação do Conselho de Administração do Banesprev.

O banco quer que o órgão seja composto por quatro indicados e dois eleitos, o que lhe daria 2/3 dos votos, permanentemente. Desta forma, a instituição financeira poderia fazer qualquer alteração no regulamento dos planos ou no custeio.

Por tudo isto, no dia 14 de janeiro, reeleja Zé Reinaldo.


Fonte: Érika Soares - Afubesp

Compartilhe!