Quatro capitais suspendem vacinação contra a covid-19 por falta de doses

Apesar do otimismo nos prazos, o cronograma conta com programação definida pelo Ministério da Saúde, que tem sido descumprida de forma recorrente.

A vacinação contra a covid-19 na cidade de São Paulo foi suspensa nesta terça-feira (22) pela prefeitura por falta de doses.

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, o dia de hoje será utilizado para abastecer os postos de saúde que estão, desde ontem, sem imunizantes.

Dados do site “De Olho na Fila”, criado pelo município para acompanhamento dos locais de vacinação, aponta que cerca de 63%, das 485 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) tiveram a aplicação interrompida ao longo desta segunda-feira (21). O equivalente a 305 pontos que estavam com status de “não funcionamento”.

Em nota divulgada durante a noite de ontem, a pasta afirmou esperar receber 188 mil doses de vacinas do governo estadual para completar os estoques das UBSs e dar prosseguimento ao calendário estipulado. Com a suspensão, a programação de vacinação também foi alterada.

A imunização de mais de 340 mil pessoas de 48 a 49 anos, prevista para esta quarta (23), foi parcialmente adiada. Hoje, apenas o grupo de 49 anos deve ser imunizado e, no dia seguinte, as pessoas com 48.

Na sexta (25), a previsão é imunizar com a primeira dose o grupo de 45 a 47 anos. Quem estiver na faixa etária de 45 a 49 anos e não conseguir se vacinar nas datas iniciais poderá ser imunizado na repescagem, agendada para este sábado (26). (Confira o novo calendário na íntegra abaixo).

A aplicação da segunda dose do imunizante contra a covid-19 também voltará a ser normalizada amanhã, segundo a secretaria.

Em Campo Grande, Florianópolis e Aracaju, aplicação da primeira dose também é adiada

A vacinação e as responsabilidades
A administração do prefeito Ricardo Nunes (MDB) alegou que a falta de doses se deu “devido à alta adesão à vacinação anti covid-19 na capital, com cerca de 90% do público entre 50 e 59 anos vacinado com a primeira dose, os estoques foram utilizados e nesta terça-feira (22), as 468 UBSs serão reabastecidas”. Em nota ao portal G1, o governo de João Doria (PSDB) atribuiu a escassez de doses ao atraso nas entregas de vacinas do Ministério da Saúde”.

A falta de doses também já é um problema em Campo Grande, Florianópolis e Aracaju, que suspenderam nesta terça a aplicação da primeira dose contra a covid-19. Nestas capitais, apenas a aplicação da segunda dose está normalizada.

Há duas semanas, Doria antecipou em 15 dias o cronograma de vacinação das pessoas com 18 a 59 anos, profissionais da educação e grávidas. A promessa do governador foi a de que todos os cidadãos do estado de São Paulo seriam imunizados com a primeira dose até o dia 15 de setembro. O governo do estado, contudo, disse não descartar o planejamento inicial, justificando que a partir de amanhã o processo deve se manter contínuo.

Apesar do otimismo nos prazos, o cronograma paulista conta com a programação de entregas de vacinas definida pelo Ministério da Saúde, que tem sido descumprida de forma recorrente.

À imprensa, o governo federal declarou que “a responsabilidade pela distribuição de doses aos municípios é da gestão estadual”. Segundo o ministério da Saúde, a distribuição das vacinas leva em conta a população-alvo da campanha da covid-19. O ministério disse ainda recomendar aos gestores que sigam à risca o plano nacional de operacionalização da vacinação.

Confira o calendário da cidade de São Paulo

– 49 anos – a partir de 23/06

– 48 anos – a partir de 24/06

– 45 a 47 anos – a partir de 25/06

– Repescagem 45 a 49 anos – 26/06

– 44 anos – a partir de 28/06

– 43 anos – a partir de 29/06

– 42 anos – a partir de 30/06

– Repescagem 42 a 44 anos – 03/07

– 41 anos – a partir de 05/07

– 40 anos – a partir de 08/07

– 39 anos – a partir de 15/07

– 38 anos – a partir de 19/07

– 37 anos – a partir de 22/07

– 36 anos – a partir de 26/07

– 35 anos – a partir de 28/07

– 34 anos – a partir de 30/07

– 33 anos – a partir de 02/08

– 32 anos – a partir de 04/08

– 31 anos – a partir de 09/08

– 30 anos – a partir de 12/08

– 29 anos – a partir de 16/08

– 28 anos – a partir de 19/08

– 27 anos – a partir de 23/08

– 26 anos – a partir de 25/08

– 25 anos – a partir de 30/08

– 23 e 24 anos – a partir de 1/09

– 21 e 22 anos – a partir de 06/09

– 20 anos – a partir de 09/09

– 18 e 19 anos – a partir de 13/09

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email