Número de correspondentes bancários cresce 70,6% em três anos, diz BC

O número de correspondentes bancários cresceu 70,6% em três anos, segundo dados do Banco Central (BC). A quantidade passou de 95.849, no final de 2007, quando a instituição começou a registrar os dados, para 163.569, em 1° de setembro deste ano.

Correspondentes bancários são agências lotéricas, lojas e posto dos Correios autorizados pelo BC a fazer operações, como recepção e encaminhamento de propostas de abertura de contas e de pedidos de crédito e recebimentos de pagamentos, visando levar serviços bancários para locais onde não há agências.

Essa função, entretanto, não é seguida ao pé da letra. Isso porque o estado com o maior número de correspondentes no Brasil (42.176) é São Paulo, onde já existem 6.633 agências. Já em Roraima, estado com apenas 24 agências, há apenas 218 correspondentes bancários. Ou seja, são 276 vezes mais agências e 193 vezes mais correspondentes em São Paulo. Todos os dados são do Banco Central. Importante citar, ainda, que a população paulista (cerca de 40 milhões) é aproximadamente de 100 vezes maior que a de Roraima (395 mil), segundo dados dos governos estaduais.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe!