Nova orientação do Bradesco sobre metas

Após denúncias de bancários, Sindicato pressiona e direção do banco reorienta diretorias regionais sobre cobrança de resultados

Com a chegada da pandemia de coronavírus ao Brasil, o Sindicato dos Bancários se prontificou a cobrar dos bancos e da Fenaban medidas para preservar a saúde e o emprego dos bancários, bem como a suspensão das metas durante o período em que a população estiver sendo atingida pelo vírus. Os bancos se comprometeram a adotar muitas das reivindicações dos representantes dos trabalhadores.

Contudo, por meio de uma pesquisa realizada pelo Sindicato desde o dia 25, muitos bancários do Bradesco denunciaram que a cobrança de metas naquele banco segue igual a antes da chegada do vírus.

De acordo com a pesquisa, 87% dos funcionários do Bradesco afirmaram que as metas não diminuíram. Do total dos bancários que participaram do levantamento, metade trabalha no Bradesco.

Por conta do grande número de denúncias, o Sindicato cobrou posicionamento da direção da instituição financeira. Na tarde de quinta-feira 26, o banco informou que uma reunião via áudio foi realizada com as diretorias regionais a fim de reorienta-las sobre a cobrança de metas.

“Esperamos que com a nova orientação, a vida dos bancários do Bradesco melhore a partir desta sexta-feira [27]. Se vocês não perceberem melhora na cobrança de metas, entre em contato com o Sindicato”, afirma Erica de Oliveira, secretária de formação do Sindicato e bancária do Bradesco.  

Ainda segundo a pesquisa, apenas 14,5% do total de bancários (inclui os demais bancos) responderam que as metas diminuíram por conta da pandemia. E 76,17% afirmaram que as metas seguem as mesmas.

 “É importante que os bancários procurem o sindicato, pois as denúncias municiam com elementos o Comando Nacional dos Bancários para cobrar dos bancos e da Fenaban melhorias das condições de trabalho diante do cenário causado pela pandemia”, afirma Erica. “Já avançamos muito, mas ainda temos que avançar em outros pontos”, acrescenta a dirigente.

Fonte: SPBancários

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email