Negociação entre Contraf/CUT e Caixa debate jornada de trabalho nesta sexta (22)

FENAE   
19 /01 / 2010

Ocorre nesta sexta-feira, dia 22 de janeiro, das 14h30 às 16 horas, em Brasília (DF), mais uma rodada da mesa de negociações permanentes entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT), a Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa) e a Caixa Econômica Federal. Dessa vez, o foco é o debate sobre a jornada de trabalho. A reunião está agendada para o edifício-sede da Matriz I. 

O respeito à jornada de seis horas é uma reivindicação histórica do movimento nacional dos empregados. Os trabalhadores defendem ainda o fim das oito horas para cargos comissionados e de assessoria e para os cargos das carreiras técnicas e profissionais (engenheiros, arquitetos e advogados), mas sem redução salarial. 

No 25º Conecef, realizado em Brasília no fim de abril do ano passado, os empregados decidiram reafirmar a luta pelo registro obrigatório do ponto para todos os empregados, inclusive os de nível gerencial, e pelo fim das horas extras sistemáticas. Na reunião desta semana com a direção da empresa, a Contraf/CUT – CEE/Caixa reivindicará ainda a extinção do registro de horas negativas no Sistema de Ponto Eletrônico (Sipon) e do bloqueio de acesso motivado por falta de homologação do gestor ou decorrente de hora extra não acordada, bem como a adoção de login único para acesso aos sistemas corporativos.

 

Fonte: FENAE

Compartilhe!