Gestão Pedro Guimarães está inadimplente com os empregados da Caixa em relação aos critérios da promoção por mérito de 2021

Já se passaram 260 dias desde abril de 2021, quando o resultado da sistemática de 2020 foi divulgado

 

2021 já acabou, mas os empregados da Caixa continuam sem saber quais os critérios que serão adotados para o pagamento da promoção do mérito ano-base 2021.

Já se passaram 260 dias desde abril de 2021, quando o resultado da sistemática de 2020 foi divulgado, sem que fossem definidos os critérios para o pagamento do delta, previsto no Acordo Coletivo de Trabalho da categoria.

“O único critério que aceitam discutir passa pela imposição da GDP, até mesmo para o primeiro delta, o que é absurdo”, comentou o dirigente da Apcef/SP e membro da comissão paritária que debate a promoção por mérito, André Sardão.

“Como o ano já terminou, como os trabalhadores poderão cumprir qualquer dos critérios estabelecidos?”, questionou.

Por conta da demora no debate, os representantes dos empregados da Caixa defendem que seja garantida a distribuição de, pelo menos, um delta para cada empregado.

Cabe ressaltar que a responsabilidade pelo atraso é exclusiva da direção da Caixa, já que desde abril cobramos que os debates iniciassem.

fonte Apcef/SP

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Responda nosso questionário