ATUALIZE O SEU CADASTRO

Falta de atendimento no BB vira caso de polícia

Falta de atendimento no Banco do Brasil vira caso de polícia em SP    
   
18 /01 / 2008

A auxiliar administrativa Telma de Melo Barreto, 37 anos, foi barrada na entrada da agência do Banco do Brasil na rua 24 de maio, no centro de São Paulo. A reportagem foi publicada no jornal Agora.

Telma foi ao banco para pagar uma conta de luz e telefone. No local informaram que os pagamentos só poderiam ser feitos por correntista do banco. Essa orientação contraria a resolução 28/78 do Conselho Monetário Nacional. “Pediram para eu procurar outra agência, porque lá eu não seria atendida. Não custava nada. Mas disseram que era norma do banco e que o sistema de informática não aceitava o pagamento da conta”, contou a auxiliar administrativa.

A consumidora acionou a Andecon (Associação Nacional de Defesa do Consumidor) que chamou a polícia. Telma foi orientada a prestar queixa na delegacia, mas desistiu de levar o caso adiante.

A matéria revela ainda que funcionários do banco denunciaram que em outras agências, na mesma região, o atendimento a quem não tem conta no banco também está sendo negado.

O Banco do Brasil informou por meio do superintendente Paulo César Pascotini que houve falha no atendimento e que os funcionários serão reorientados.

“Em outubro já havíamos denunciado um caso semelhante na agência Vieira de Carvalho, também no Centro. Isso é reflexo de uma política equivocada que vem desde o processo de reestruturação promovido pelo banco no ano passado. Continuamos orientando os consumidores a denunciarem qualquer tipo de desrespeito”, afirma o funcionário do banco e diretor da Fetec-CUT/SP, Getúlio Maciel.

Carlos Fernades

Compartilhe!