ENCONTRO DA NOSSA CAIXA

Encontro da Nossa Caixa mobiliza mais 3 mil bancários

O Encontro Nacional dos Funcionários do Banco Nossa Caixa foi marcado pela postura de resistência e unidade. Mais de 3 mil bancários reafirmaram num só coro que estão mobilizados e dispostos a lutar pela garantia de empregos, direitos e a manutenção do caráter público do banco paulista. O evento aconteceu neste sábado, dia 12, no Ginásio da Portuguesa, em São Paulo.

Na abertura do encontro, líderes sindicais de diferentes entidades representativas falaram da luta que o movimento sindical tem travado contra as privatizações. Expuseram ainda a importância do banco Nossa Caixa que promove políticas de inclusão com o objetivo de fortalecer o Estado e lembraram da necessidade da categoria manter-se unida neste momento de incertezas.

“Tanto a lógica de quem está vendendo quanto à lógica de quem está comprando são pontos de vista prejudiciais aos interesses dos trabalhadores. Daí a necessidade de nos mantermos unidos, com objetivos comuns e mobilização permanente”, afirmou Sebastião Geraldo Cardozo, presidente da FETEC/CUT-SP.

Os representantes do Comando Nacional dos Funcionários da Nossa Caixa, por sua vez, apresentaram um panorama de como andam as negociações entre os dois bancos, no que se refere a prazos e trâmites legais, bem como a luta o movimento sindical de fazer valer as reivindicações dos trabalhadores.

No final do encontro os participantes aprovaram, por unanimidade:

  • Manutenção do caráter público do banco Nossa Caixa

  • Garantia de empregos

  • Garantia da manutenção dos direitos de todos os funcionários da Nossa Caixa

  • Negociação permanente com o movimento sindical, antes, durante e depois de um eventual processo de fusão com o banco do Brasil

  • Mobilização permanente

  • Fim dos concursos externos

  • Respeito ao Economus

  • Manutenção dos termos atuais da assistência média

  • Manutenção do PCS da Nossa Caixa

Reunião do Comando – O Comando Nacional dos Funcionários da Nossa Caixa se reunirá nesta terça-feira (15), às 14h, para definir o calendário de luta. O local do encontro ainda será confirmado.

Michele Amorim


Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Toda a categoria, mesmo quem não é sindicalizado, pode participar e indicar as prioridades para a Campanha Nacional até o dia 03 de junho. Participe!