Caravana da Fetec mobiliza centro de Jundiaí

Atividade mostrou à população ganância dos banqueiros com lucros bilionários e retirada de direitos

A população de Jundiaí acompanhou de perto a Caravana da Fetec-CUT realizada na manhã desta quarta-feira (4) no calçadão central de Jundiaí. A atividade é a primeira grande mobilização da Campanha Nacional 2018, que neste ano tem como tema “Todos por Tudo – Resistir e Vencer”.

O presidente do Sindicato de Jundiaí e região, Douglas Yamagata, disse que a mobilização é contra a retirada de direitos e a defesa dos bancos públicos, mas serve como um alerta para a população que também tem sido prejudicada com as demissões em massa do bancários e a falta de contratações. Yamagata destaca que no dia 31 de agosto os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria podem perder sua validade. “A aprovação da reforma trabalhista ameaça a garantia de todos os direitos que conquistamos até agora com o fim da ultratividade, que validava nosso acordo até a renovação de um novo documento”, explica.

A categoria tem data-base em 1º de setembro e cobra das instituições financeiras aumento real, PLR maior, mais empregos, defesa dos bancos públicos, que estão sendo desmontados e preparados para a privatização, e respeito a todos os direitos previstos em sua Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Dirigentes sindicais de toda a região estiveram presentes na atividade. Isabel Machado, presidente no Sindicato de Bragança Paulista, lembrou que as mulheres correm o risco de perder direitos que levaram anos para serem conquistados, como os seis meses de licença maternidade e a licença paternidade, além da oportunidade de igualdade. “Somos maioria nos bancos, mas com a aprovação da Reforma Trabalhista, os banqueiros podem retirar cada uma de nossas conquistas a partir do dia 31 de agosto. Por isso a importância de todas e todos se mobilizarem junto com os sindicatos para fortalecer essa luta e essa campanha que, sem dúvida, é uma das mais desafiadoras de todos os tempos”, disse Isabel.

Lucros exorbitantes

O lucro dos cinco maiores bancos que atuam no país passou de R$ 58 bilhões, em 2016, para R$ 77,4 bilhões em 2017, crescimento de 33,5%. No 1º trimestre de 2018, foram R$ 20,6 bilhões lucro, 20,4% de aumento em relação a igual período de 2017.

O setor financeiro é o que mais lucra no país. “Quanto mais ganham, mais demitem. E o cliente acaba pagando muito caro por um serviço sem a presença do bancário e totalmente precarizado”, lembrou Antonio Cortezani, diretor do Sindicato.

A presidente da Associação dos Aposentados de Jundiaí e região, Fé Juncal, lembrou que aposentados e idosos também sofrem com o assédio dos bancos. “A cobrança abusiva por metas nos bancos também atinge os mais velhos, que são constantemente assediados por funcionários para a compra de produtos bancários. Isso precisa acabar”.

Animada pelo som dos “Amigos do Samba’, a atividade também contou com um ator vestido de banqueiro e uma trave para a população fazer o gol. Crianças e jovens se divertiram dando shows de goleada contra o vilão capitalista.

Iniciada no dia 25 de junho, a Caravana da Fetec vai até o dia 18, quando ocorre sua conclusão na cidade de Bauru.

Agenda

05/07 – Bragança
10/07 – Mogi das Cruzes
11/07 – Taubaté
12/07 – ABC
13/07 – Guarulhos
16/07 – Vale do Ribeira
17 ou 18/07 – Bauru

Confira as imagens da Caravana em Jundiaí:

Fonte: seeb jundiaí

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *