Câmara de São Paulo vai retomar debate sobre segurança nos bancos

 

Câmara de São Paulo vai retomar debate sobre segurança nos bancos

 
Crédito: Seeb São Paulo
Seeb São Paulo Foi com o compromisso de restabelecer o debate sobre segurança bancária na Câmara dos Vereadores de São Paulo, que o presidente da Casa, José Police Neto (PSD), recebeu para uma audiência na quinta-feira, dia 19, a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira, o diretor executivo do Sindicato e especialista em segurança bancária, Daniel Reis, e o vereador do Partido dos Trabalhadores, Antônio Donato.

Clique aqui para assistir o vídeo sobre a audiência.

A manutenção das portas giratórias foi também a notícia de capa da última edição da Folha Bancária, o jornal do Sindicato.

Clique aqui para acessar a Folha Bancária.

Os bancários mostraram aos vereadores a importância de uma lei municipal que obrigue bancos a adotarem a porta giratória com detector de metal como item obrigatório de segurança nos estabelecimentos.

Em carta enviada a Police Neto em março – quando bancos da capital anunciaram a retirada do equipamento das agências -, a presidenta do Sindicato demonstrou preocupação e lembrou a luta da categoria.

“Em 2007, os bancários comemoraram a decisão dos vereadores, que aprovaram por unanimidade a obrigatoriedade da instalação do equipamento em todas as agências da cidade. Porém, em 2008, o prefeito Gilberto Kassab vetou o projeto de lei. Desde então, algumas instituições estão retirando o dispositivo”, afirmou Juvandia.

“Os bancos estão criando clima de medo entre os bancários, vigilantes e clientes”, apontou a dirigente sindical.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email