ATUALIZE O SEU CADASTRO

Bradesco nega pagamento de auxílio-educação

Bradesco nega pagamento de auxílio-educação

 

Independente do ângulo que se olhe, o Bradesco está valendo cada vez mais. De acordo com matéria publicada na terça-feira, dia 29, pelo jornal O Estado de S.Paulo, o valor de mercado do banco superou pesos pesados dos Estados Unidos, país ícone do capitalismo. Mesmo assim, o banco rejeitou o pagamento de auxílio-educação para os seus funcionários, grandes responsáveis pelos resultados da instituição.

“Depois de um dia da divulgação do balanço de 2007 que mostra lucro recorde de R$ 8 billhões, o banco continua na velha política de não investir na formação dos bancários que são os verdadeiros responsáveis pela alta lucratividade. O Bradesco é o único entre os grandes bancos que ainda não ajuda na qualificação dos bancários.”, comenta Douglas Yamagata, diretor do sindicato.

Compartilhe!