ATUALIZE O SEU CADASTRO

BB pressiona por telefone, mas a greve continua forte!

Apesar dos telefonemas orientados pelo banco, a greve no Banco do Brasil continua forte nos próximos dias. Repudiamos com veemência as ligações que o banco fez para chamar funcionários ao trabalho na quinta e sexta-feira. Isto é uma atitude absurda que constrange e pressiona as pessoas.

Se o BB quiser acabar com a greve, pressione a Fenaban a apresentar o índice e as cláusulas sociais. Também apresente propostas na mesa específica de negociação. Os funcionários aderiram voluntariamente à greve e devem continuar assim.

Conclamamos a todos os funcionários do BB que não retornem ao trabalho, não se intimidem e não acreditem no discurso do banco para enfraquecer a greve. O BB quer apenas resolver os seus próprios problemas e não discute com seriedade junto com os funcionários. A greve é um direito e deve ser mantida com vigor para conseguirmos avanços em nossas reivindicações.

Diretoria do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

Compartilhe!