Bancários denunciam despesas de viagens de Pedro Guimarães

Denúncias demonstram prática de atos lesivos ao patrimônio da Caixa praticados pela presidência da estatal, com vistas exclusivas a benefícios de ordem pessoal.

O Sindicato dos Bancários de Brasília e a Fetec-CUT/CN protocolaram duas denúncias junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), para que o órgão fiscalize os gastos da Caixa com as viagens feitas por Pedro Guimarães, acompanhando o Presidente da República, para inauguração de uma série de obras. A denúncia das entidades é que essas viagens seriam uma antecipação da campanha eleitoral.

A outra denúncia é sobre o contrato de uso de imagem firmado com Cuiabano Lima, personalidade próxima ao Presidente da República, contrato cujos termos não foram disponibilizados pela Caixa.

As denúncias demonstram a prática de atos lesivos ao patrimônio da Caixa praticados pela presidência da estatal, com vistas exclusivas a benefícios de ordem pessoal.

“Essa direção criou inclusive uma superintendência nacional para cuidar das viagens do presidente. Nos bastidores, inclusive, já a chamam de CaixaTur. As denúncias explicitam a prática de atos lesivos ao patrimônio da Caixa praticados por Pedro Guimarães”, reforçou Fabiana Uehara Proscholdt, coordenadora da CEE da Caixa.

Os protocolos das denúncias foram enviados ao gabinete da deputada Érika Kokay (PT/DF).

Fonte: Contraf-CUT

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email