Subsede da CUT Jundiaí homenageia as mulheres

A Subsede da CUT Jundiaí, realizou no dia de hoje (04/03), atividade em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres no centro de Jundiaí. Estiveram presentes dirigentes sindicais de toda a região, onde foram entregues os jornais da CUT e da Sub-Sede para todas as mulheres.

A atração maior ficou por conta do músico Bem-Te-Vi (ouça música aqui), que com o seu violino atraiu a atenção e emocionou várias pessoas que passavam pelo calçadão no centro da cidade. Além de músicas em homenagens às mulheres, como “Maria, Maria”, Bem-Te-Vi recordou diversos sucessos, cujo repertório eclético ia desde Djavan até Led Zeppelin.

“A atividade foi interessante, pois além de recordarmos as grandes dificuldades encontradas pelas mulheres, tivemos a oportunidade de homenageá-las com músicas de qualidade e mostrarmos o potencial cultural que a região possui”. – comenta Gerson Carlos Pereira, diretor do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Diretor Estadual da CUT/SP.

O Sindicato dos Bancários também foi representado por diversos diretores, que compareceram ao evento e também deixaram seu recado à população jundiaiense.

“O setor bancário é um dos que mais empregam mulheres. No entanto, sabemos das enormes dificuldades encontradas na categoria, onde o Assédio Moral e a discriminação são problemas que ainda devem ser superados. Além disso, a mulher bancária encontra diversas dificuldades de tempo, onde além de trabalhar no banco muitas vezes cumpre dupla jornada com os cuidados do lar e dos filhos”. – comenta Paulo Santos Mendonça, Presidente do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região.

A Fetec também contou com a sua representação e em diversos momentos foi recordada a gradativa ascensão das mulheres nos cargos políticos.

“Infelizmente, Jundiaí conta hoje com apenas duas vereadoras. No entanto, elegemos em 2010 a primeira mulher para o mais alto cargo político do país que é a Presidência da República, demonstrando que as mulheres tem capacidade de ampliar ainda mais a sua representatividade política. Dilma simboliza também o voto de confiança numa perspectiva de avanços para todas as trabalhadoras brasileiras.” – comenta Roberto Rodrigues, diretor do Sindicato e da Federação dos Bancários de CUT/SP.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email