Sindicato de olho na reestruturação do HSBC

Sindicato de olho na reestruturação do HSBC

Nova rotina nas agências a ser implementada pela empresa não pode prejudicar trabalhadores

São Paulo – Dirigentes sindicais estão de olho nas medidas de reestrutura-ção na rede de agências do HSBC. Entre as ações que o banco pretende implantar estão a extinção da função de gerente administrativo, que passaria a ser consultor de processos operacionais, e a instalação de tesoureiro eletrônico.

O Sindicato já cobrou do banco respeito ao emprego dos bancários e a possibilidade de realocações para quem tiver a função extinta. A dirigente sindical Liliane Fiúza aponta que a reestruturação acarretará  sobrecarga aos funcionários que passariam a exercer o novo cargo. Ela destaca que, no modelo apresentado pelo banco, os coordenadores de processos operacionais seriam encarregados de atuar em duas agências. “Atualmente, o que vemos nas agências é a falta de funcionários para atender os clientes. Com essas mudanças o banco sobrecarregará ainda mais os trabalhadores”, afirma.

A direção do HSBC vai se reunir com os gerentes administrativos no Casp nesta terça 26. O Sindicato organiza protesto no local para cobrar respeito ao emprego e aos direitos dos empregados.

Redação – 26/6/2012

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email