Ministro defende mudar lei trabalhista

Em reunião realizada ontem, em Nova York, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio  Exterior, Fernando Pimentel, defendeu uma legislação mais flexível para contratação de mão de obra. Os setores beneficiados seriam o de varejo, hotelaria, entretenimento e lazer.

Segundo o ministro, as articulações não lesam os direitos trabalhistas brasileiros. “As propostas feitas pela classe empresarial, às quais eu tive acesso, preservam os direitos que os trabalhadores brasileiros tem”, disse.

Pimentel prometeu otimizar o crédito para o varejo, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A reunião contou com 250 empresários da área do comércio brasileiro que participaram da Retail’s BIG Show, feira internacional do varejo.

Fonte: O Dia – RJ

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email