Marque corretamente seu ponto e proteste contra o trabalho gratuito na Caixa nesta quarta-feira

A marcação correta da jornada no Sistema de Ponto Eletrônico (Sipon), com o consequente pagamento de todas as horas efetivamente trabalhadas, é o principal eixo do Dia Nacional de Luta que os empregados da Caixa Econômica Federal realizam nesta quarta-feira, dia 4 de abril, por convocação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT).

Nesta data, atos, manifestações e protestos serão realizados pelas entidades sindicais e associativas em todo país. Essa mobilização nacional visa reforçar a luta contra fraudes, o trabalho gratuito e a extrapolação da jornada na Caixa, exigindo ainda que a diretoria do banco adote medidas eficazes pela marcação correta da jornada de seis horas. É preciso também dizer NÃO à política de pressão por metas abusivas, conduzida por gestores.

Nesta quarta-feira, por ocasião do Dia Nacional de Luta, os empregados da Caixa vão reafirmar ainda a luta contra o registro de horas negativas no Sipon e pelo fim do bloqueio de acesso motivado pela falta de homologação do gestor ou hora extra não acordada. Fica daí a certeza de que apenas a mobilização, de ponta a ponta do Brasil, forçará a Caixa a atender as reivindicações dos empregados. É preciso, portanto, intensificar a mobilização, para avançar e consolidar conquistas.

Fonte: Fenae Net

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email