Justiça nega também o pedido de interdito no Itaú Unibanco

Outro pedido de interdito proibitório foi negado pelo Juiz Titular da 3ª Vara do Trabalho de Jundiaí, Sr. Dr. Jorge Luiz Souto Maior, que indeferiu pedido de interdito proibitório impetrado pelo Banco Itaú Unibanco.

A Sentença diz que, Denota-se que, na verdade, o requerente [Itaú Unibanco] utilizou a medida judicial interposta meramente para violar o direito de greve de seus empregados e para agredir a propria dignidade da justica, intentando uma acao de natureza temeraria.”

 

A Sentença também obriga o banco a pagamento de custas processuais no valor de 100 mil reais.

Também já foram negados os pedidos de interditos feitos pelo Banco do Brasil e outra pelo HSBC.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email