Greve cresce na região de Jundiaí e segue tendência nacional

A greve cresceu em seu segundo dia na região de Jundiaí. Hoje foram contabilizadas 42 agências, sendo a maioria de bancos federais. No entanto, houve adesão de diversos bancos privados, principalmente no centro de Jundiaí.

“A greve vem crescendo em toda a região. A todo instante chegam informações de novas paralisações de agências. O crescimento da greve é uma demonstração que os bancários estão insatisfeitos com a proposta apresentada pelos banqueiros e o movimento tende a crescer dia-a-dia.” – comenta Paulo Santos Mendonça, presidente do Sindicato.

Greve cresce em todo o país

 Segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), a greve cresceu em todo o país, atingindo o segundo dia (28/09) com 6.248 agências paralisadas. Houve, portanto, um crescimento de 50%, pois no primeiro dia (27/09) eram 4.191 agências paralisadas em todo o país.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região com informações da Contraf/CUT

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Toda a categoria, mesmo quem não é sindicalizado, pode participar e indicar as prioridades para a Campanha Nacional até o dia 03 de junho. Participe!