Pesquisar
Close this search box.
Siga nossas Redes

Financiarios em Campanha Salarial

Financiários em campanha

Com data-base em 01 de junho, a categoria dos financiários mobiliza-se em torno da campanha 2009. Os sindicatos com trabalhadores na base já estão realizando assembleias para aprovação da pauta de reivindicações a ser encaminhada ao setor patronal.

Dentre as prioridades estão manutenção da política de aumento real de salário, melhoria nos pisos, maior participação nos lucros e extensão dos direitos da Convenção Coletiva dos Financiários para todos aqueles que trabalham em financeiras.

Atualmente são cerca de 200 mil pessoas trabalhando na Finasa, Losango e Finivest, dentre outras, contratadas como promotores de venda ou prestadores de serviços com direitos rebaixados em relação aos financiários. Por isso, essa é uma luta que continua em nossa pauta”, afirma o secretário geral da FETEC/CUT-SP, Pedro Sardi.

O dirigente lembra que a maioria das financeiras é controlada pelos bancos, o que comprova as excelentes condições de pagar os direitos dos financiários para todos os que trabalham nessas empresas.

No que diz respeito à PLR, a minuta 2009 reivindica distribuição semestral dos lucros, inclusive quanto ao período referente ao exercício de 2009, ao percentual de 15% (quinze por cento), como teto, e, como mínimo, o percentual superior a 5% (cinco por cento) do lucro líquido da financeira, conforme apurado no Demonstrativ o de Resultados Contábeis do banco comercial, extensivo a todos os aposentados e afastados por motivos de saúde ou acidente.

Também está prevista proteção salarial sempre que a taxa de inflação acumulada alcançar percentual igual ou superior a 3%, medido com base na variação mensal acumulada do Índice do Custo de Vida do Dieese.

Como novidade, a minuta 2009 traz a reivindicação para que as empresas adotem a prática de exercícios laborais durante os intervalos, como forma de prevenir as LERs/Dort.

Compartilhe!

Seu Banco

Seu Sindicato