Estudantes realizam passeata por uma Universidade Pública em Jundiaí

 

Na manhã de hoje (02/10), estiveram reunidos alunos de escolas públicas e privadas de toda cidade de Jundiaí para exigir a implantação de uma Universidade Pública em Jundiaí. A manifestação que contou com cerca de mil estudantes, concentrou-se na Avenida 9 de Julho e percorreu a Rua Siqueira de Moraes, finalizando no coreto da Praça da Matriz, no centro da cidade.

Além de reivindicar a vinda de uma Universidade Pública, os estudantes repudiaram os argumentos da prefeitura de Jundiaí, onde está previsto apenas a vinda de um curso da USP com capacidade para quarenta alunos. “Isso gerou revolta aos alunos, pois se são apenas quarenta vagas, isto não corresponde a uma Universidade de verdade. A Fatec em Jundiaí é um exemplo disso, pois conta com poucos cursos se comparado com a Fatec de Santos que possui mais de vinte cursos. Além disso, é importante que a Universidade tenha cursos em diversas áreas, acabando com o discurso de cursos voltados a ‘vocação’ da cidade. Os estudantes não querem ser dirigidos a determinados cursos, mas sim, ter à disposição opções de cursos para poder escolher”. – comenta Douglas Yamagata, Secretário Geral do Sindicato, que participou do evento.

Estiveram presentes também, os diretores do Sindicato, Elvis Bartholomeu, Antonio Cortezani, Silvio Rodrigues, Paulo Bispo, Cláudia Barros e Paulo Santos Mendonça. A manifestação contou com o apoio da União Estadual dos Estudantes (UEE), Subsede da CUT Jundiaí, Sindicato dos Gráficos de Jundiaí e Região, Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região, além de grêmios estudantis e diretórios acadêmicos de diversas escolas da cidade.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

 

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email