ATUALIZE O SEU CADASTRO

Esse HSBC….!!!!

HSBC reafirma que não pagará PLR cheia PDF Imprimir E-mail
FETEC/CUT-SP   
22 /10 / 2009

O diretor de RH do HSBC, Antônio Carlos, em contato na manhã desta quinta-feira (22) com a representação sindical, comunicou que o pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) será creditado conforme prevê a Convenção Coletiva de Trabalho 2009/2010 (CCT). Ou seja, com redutor de 26,22% na primeira parcela.

A informação foi dada como retorno ao pleito apresentado pela Comissão de Organização dos Empregados (COE) do HSBC em negociação, na última terça-feira (20). Na oportunidade, as lideranças sindicais cobraram do banco a valorização dos funcionários por meio de pagamento da antecipação da PLR sem redutor e posterior discussão de eventuais ajustes, tendo como base análise do balanço do primeiro semestre da instituição realizada pelo Dieese.

Conforme a análise, o lucro apresentado pelo banco no período foi R$ 2,1 bilhões, cifra usada como parâmetro para o pagamento de executivos e acionistas. Para efeitos da distribuição da PLR da CCT, o resultado, no entanto, aparece como R$ 250 milhões, valor alcançado por meio de manobras contábeis, dentre as quais um aumento muito acima do esperado nas Provisões para Devedores Duvidosos (PDD).

Para se ter idéia da maquiagem, no primeiro semestre do ano, o volume de dinheiro emprestado pelo HSBC subiu, em relação ao mesmo período de 2008, de R$ 38,3 bilhões para R$ 40 bilhões, um crescimento de apenas 4,59%, enquanto as provisões para perdas subiram 87,85%, de R$ 866,7 milhões para R$ 1,6 bilhão.

“Por meio dessa maquiagem do balanço, o HSBC prioriza os altos executivos e acionistas, enquanto prejudica os bancários que estão na linha de frente dos serviços prestados à população. Não ficaremos quietos diante de tamanha injustiça”, avisa Luciano Ramos, diretor da FETEC/CUT-SP ao informar que um calendário de mobilizações já foi definido pela coordenação do movimento sindical, com objetivo de pressionar o HSBC a reverter a decisão.


Lucimar Cruz Beraldo

Compartilhe!