Contraf cobra explicações do Itaú sobre reajuste no plano de saúde

Os bancários do Itaú Unibanco foram surpreendidos na sexta-feira (25), com o reajuste de até 24,61% do convênio médico efetuado na folha de pagamento sem qualquer comunicação prévia. O banco divulgou aos trabalhadores que faria o desconto com valor maior apenas na quinta-feira (24). Também não informou o fato ao movimento sindical.

O acordo que unificou os convênios médicos foi construído ao longo de um intenso processo de negociação entre as partes e assinado em 24 de fevereiro de 2010. A validade era de um ano. Porém, ficou acertado que qualquer modificação com o plano de saúde deveria ser previamente anunciado aos trabalhadores e movimento sindical, o que não aconteceu.

“A divulgação do reajuste aconteceu apenas um dia antes dos trabalhadores receberem o salário e, além disso, não houve nenhuma apresentação dos números do balanço”, afirma Jair Alves, um dos coordenadores da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú Unibanco. “Já estava previsto no acordo que ocorreria um reajuste, mas questionamos a forma como foi implantado, sem anúncio prévio aos trabalhadores e movimento sindical”, completa.

O dirigente sindical também cobra do banco que o movimento sindical seja chamado para rediscutir o tema. “O convênio médico está vinculado à diretoria de benefícios. Ficou evidente que faltou transparência do setor e do superintendente da área. Além disso, reivindicamos uma exposição sobre as alterações feitas, assim como um melhor tratamento aos funcionários, com respeito e valorização”, conclui.

Acompanhe nas tabelas abaixo as mudanças promovidas unilateralmente pelo banco no convênio médico:

Confira nas tabelas abaixo as mudanças promovidas no convênio médico

Veja na tabela abaixo os valores anteriores ao reajuste

Padrão de Conforto Valor máximo da mensalidade (60% da taxa média nacional familiar)

Básico R$ 136,46

Especial I R$ 227,64

Executivo I R$ 404,63

Executivo II R$ 618,15

Premium R$ 846,44

Veja na tabela abaixo os valores reajustados

Padrão de Conforto 60% da taxa média nacional familiar

Básico R$ 170,04

Especial I R$ 253,74

Executivo I R$ 446,38

Executivo II R$ 702,11

Premium R$ 915,78

Confira abaixo o valor e percentual reajustado

Padrão de Conforto Reajuste em Reais Percentual

Básico R$ 33,58 24,61%

Especial I R$ 26,10 11,47%

Executivo I R$ 41,75 10,32%

Executivo II R$ 83,96 13,58%

Premium R$ 69,34 8,19%

Fonte: Contraf-CUT


Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email