Chuvas fortes inundam agência do BB de Caieiras

Sindicato contesta que funcionários tenham que fazer a limpeza após inundação

A chuva acompanhada de vento forte que atingiu a cidade de Caieiras e região no fim de tarde de quarta-feira, 10, causou estragos. O volume de água deixou vários pontos de alagamento. A região central de Caieiras foi castigada e pessoas precisaram ser resgatadas.

A agência do Banco do Brasil na cidade também ficou inundada. O diretor do Sindicato, Álvaro Pires, informa que a água alcançou meio metro dentro do banco, comprometendo toda a parte elétrica e dos maquinários instalados no piso.
Álvaro informa que o Sindicato contesta o fato de o banco não oferecer equipe de limpeza, forçando os próprios funcionários a limparem a agência.

‘’Isso é um absurdo. Numa situação de calamidade como essa, o correto é o banco contratar uma empresa especializada neste tipo de trabalho’’.

O gerente geral, Claudiney Machado, informou que nesta quinta (11) a agência permanecerá fechada para execução de limpeza. ‘’A abertura da unidade vai depender do envio de técnicos para resolver os danos na rede e nas máquinas’’.
Os clientes devem, portanto, dirigir-se às agências das cidades vizinhas até que o atendimento seja normalizado.
Álvaro informa que o Sindicato está acompanhando de perto todo o processo de limpeza e, reitera, que este trabalho deve ser feito por equipe própria para este fim.

Outras vias de Caieiras também foram tomadas pelas águas, paralisando o fluxo de carros e ônibus na hora do retorno dos trabalhadores para casa nesta quarta (10).

Chuva e vento forte causam estragos em Caieiras e região

foto: RNews

Como fica o tempo na região
Para esta quinta-feira (11), o CGE diz que o sol aparece e a temperatura apresenta elevação. Entre o meio da tarde e o início da noite, o calor e a entrada da brisa marítima geram áreas de instabilidade que causam chuva em forma de pancadas moderadas a fortes, acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento, diz o órgão. A temperatura mínima registrada na quinta será de 18°C e a máxima de 28°C.

Na sexta-feira (12), a previsão também é de muitas nuvens e poucas aberturas de sol no período da manhã. Entre a tarde e a noite, áreas de baixa pressão nos níveis médios e altos da atmosfera geram instabilidades que provocam chuva generalizada com moderada a forte intensidade.

Há potencial para formação de alagamentos, rajadas de vento e transbordamentos de pequenos rios e córregos, segundo o CGE. Os termômetros oscilam entre 19°C na madrugada e 28°C no início da tarde de sexta.
Fontes: Seeb Jundiaí / G1 / RNews

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email