Campanha Nacional 2010: rodada sobre assédio moral termina em impasse

A primeira rodada de negociação do Comando Nacional dos Bancários com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que aconteceu nesta terça-feira, 24/8, terminou com impasse sobre dois pontos. Na reunião, que discutiu assédio moral, sindicalistas e banqueiros não chegaram a um acordo sobre a questão da preservação dos nomes de envolvidos em casos de assédio moral e também a cerca da participação do movimento sindical na elaboração do conteúdo do material que será utilizado no Programa de Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho.

Esses pontos e outros que foram discutidos no encontro já haviam sido tratados anteriormente nas três rodadas de negociação da mesa temática sobre saúde do trabalhado este ano. “Foi bastante positivo que essas discussões não partam do zero. Ficou claro que o acúmulo debatido nas mesas temáticas será o marco inicial das negociações, o que mostra a valorização por parte da Fenaban dessas reuniões”, afirma Luiz César de Freitas, o Alemão, presidente da FETEC-CUT/SP. “Entretanto, continuamos divergindo sobre os mesmos pontos e não conseguimos evoluir ainda”.

Mobilização - Por conta do impasse, a reunião de hoje foi suspensa para que o assunto seja debatido por cada sindicato para uma tomada de decisão conjunta. Enquanto isso, o Comando Nacional marcou para o dia 31 de agosto o Dia Nacional de Luta e orienta que cada entidade intensifique a mobilização em suas bases, com destaque para discussões sobre assédio moral, metas abusivas e segurança bancária.

 

Calendário de negociações
1º e 2/9 - Saúde do trabalhador e segurança bancária

8 e 9/9 - Emprego e condições de trabalho

15 e 16/9 - Remuneração

Fonte: Fetec-CUT/SP

Comente esta matéria no Blog do Sindicato (clique aqui)

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email