Bradesco lucra R$ 2,52 bilhões no 3º trimestre e acumula R$ 7,12 bilhões em 2010

Folha.com 
Giuliana Vallone - São Paulo 


O Bradesco iniciou a temporada de resultados financeiros do setor bancário no terceiro trimestre nesta quarta-feira, dia 27, anunciando lucro líquido de R$ 2,52 bilhões. 

O resultado representa crescimento de 39,5% sobre o mesmo período do ano passado e já desconta os efeitos extraordinários como venda de participações em empresas e provisões para perdas com planos econômicos. 

O lucro líquido ajustado no período foi de R$ 7,12 bilhões (variação de 23,9% em relação ao lucro líquido ajustado de R$ 5,74 bilhões no mesmo período de 2009). 

No final de setembro, a carteira de crédito do terceiro maior banco privado brasileiro ficou em R$ 255,61 bilhões, em alta de 18,6% sobre o final de setembro de 2009 --período em que a concessão de crédito ainda se recuperava da escassez de recursos causada pela crise econômica internacional. 

As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 92,90 bilhões - crescimento de 23% - enquanto as operações com pessoas jurídicas somaram R$ 162,71 bilhões (crescimento de 16,2%). 

O valor de mercado do Bradesco em 30 de setembro de 2010 era de R$ 114,51 bilhões, ressaltando que as cotações das suas ações preferenciais tiveram valorização de 19,6% nos últimos 12 meses. 

Os ativos totais em setembro deste ano registraram saldo de R$ 611,90 bilhões, crescimento de 26% em relação ao mesmo período de 2009. 

O patrimônio líquido em setembro de 2010 somou R$ 46,11 bilhões, 18,6% superior a igual período do ano anterior. 


Fonte: Folha.com

Compartilhe!