Banco do Brasil volta a baratear juros

Banco do Brasil volta a baratear juros

Anúncio foi feito após confirmação de corte na Selic e redução de taxas nos bancos privados

São Paulo – A direção do Banco do Brasil informa que fez mais uma redução de taxas de juros, a segunda em pouco mais de quinze dias, dentro do programa Bom Pra Todos. O anúncio vem no dia seguinte à confirmação de mais um corte da taxa Selic e de Bradesco e Itaú completarem a lista dos maiores bancos privados que também reduziram cobranças.

> Banco do Brasil anuncia diminuição dos juros
> Bradesco e Itaú também anunciam redução de juros

“As novas reduções buscam manter as taxas do Banco do Brasil entre as menores do sistema financeiro”, afirma o banco em comunicado à imprensa nesta quinta 19. Dentre os juros atingidos, estão linhas que já haviam sido reduzidas, como o crédito consignado, rebaixado agora de 0,85% para 0,79%, e o financiamento de veículos, de 0,99% para 0,95%

Dentre as taxas que entraram no segundo anúncio estão, para pessoas físicas, o custo do cheque especial, de 1,97% para 1,38%, e o Crédito Automático, 3,39% para 1,99%. Na pessoa jurídica, no desconto de títulos e de cheques houve redução de 1,35% para 1,25% e no Adiantamento de Crédito ao Lojista (ACL), de 1,26% para 1,04%.

Spread – A redução dos juros por parte dos bancos públicos é iniciativa do governo federal para estimular a concorrência a fim de combater os índices de spread bancário registrados no país, um dos mais altos do mundo. O BB foi o primeiro a anunciar reduções, seguido pela Caixa Federal. Poucos dias depois os bancos provados seguiram pelo mesmo caminho.

Leia mais
> BB não pode sobrecarregar funcionários ainda mais

Redação, com informações do O Estado de S.Paulo – 19/4/2012

Anúncio foi feito após confirmação de corte na Selic e redução de taxas nos bancos privados

São Paulo – A direção do Banco do Brasil informa que fez mais uma redução de taxas de juros, a segunda em pouco mais de quinze dias, dentro do programa Bom Pra Todos. O anúncio vem no dia seguinte à confirmação de mais um corte da taxa Selic e de Bradesco e Itaú completarem a lista dos maiores bancos privados que também reduziram cobranças.

> Banco do Brasil anuncia diminuição dos juros
> Bradesco e Itaú também anunciam redução de juros

“As novas reduções buscam manter as taxas do Banco do Brasil entre as menores do sistema financeiro”, afirma o banco em comunicado à imprensa nesta quinta 19. Dentre os juros atingidos, estão linhas que já haviam sido reduzidas, como o crédito consignado, rebaixado agora de 0,85% para 0,79%, e o financiamento de veículos, de 0,99% para 0,95%

Dentre as taxas que entraram no segundo anúncio estão, para pessoas físicas, o custo do cheque especial, de 1,97% para 1,38%, e o Crédito Automático, 3,39% para 1,99%. Na pessoa jurídica, no desconto de títulos e de cheques houve redução de 1,35% para 1,25% e no Adiantamento de Crédito ao Lojista (ACL), de 1,26% para 1,04%.

Spread – A redução dos juros por parte dos bancos públicos é iniciativa do governo federal para estimular a concorrência a fim de combater os índices de spread bancário registrados no país, um dos mais altos do mundo. O BB foi o primeiro a anunciar reduções, seguido pela Caixa Federal. Poucos dias depois os bancos provados seguiram pelo mesmo caminho.

Leia mais
> BB não pode sobrecarregar funcionários ainda mais

Redação, com informações do O Estado de S.Paulo – 19/4/2012

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email