Banco do Brasil e o descaso na implantação do Plano Odontológico

Há dois anos, o Banco do Brasil assinou acordo de Plano Odontológico a todos os funcionários, sendo implementado recentemente, em 19 de novembro de 2010.

No entanto, o Sindicato tem recebido diversas queixas dos funcionários, uma vez que os dependentes estão impossibilitados de usufruir deste benefício, pois não receberam as carteirinhas do Plano Odontológico.

Segundo o diretor do Sindicato, Sílvio R. da Silva Santos, a Gepes cadastrou somente os funcionários no Sisbb, e não cadastrou os dependentes. Diante deste fato, a Gepes orientou os funcionários para que efetuassem o cadastramento de seus dependentes nos Sisbb (aplicativo ARH).

Através desta orientação, os funcionários cadastraram seus dependentes no sistema há mais de 15 dias, mas até o momento não consta este cadastramento e os dependentes continuam impossibilitados de utilizar este benefício.

O Sindicato entrou em contato com a Dipes em Brasília para tentar agilizar a solução do problema e recebeu informações de que o problema seria solucionado ainda esta semana (entre 6 e 10 de dezembro), mas até hoje (09 de dezembro) continua o impasse. O Sindicato entrou novamente em contato com a Dipes que informou que o problema será solucionado na próxima semana (entre os dias 13 e 17 de dezembro), pois existe um problema na área de processamento de dados do banco.

“O Banco do Brasil trata os funcionários com descaso. Além da morosidade na implementação do Plano Odontológico, não houve também a mínima precaução com relação ao cadastramento dos dependentes, atrapalhando ainda mais a vida de todos.” – comenta Álvaro Pires da Silva, diretor do Sindicato e funcionário do BB.

Se você também está descontente com a morosidade, reclame ligando na Dipes/Brasília (061) 3310-7285 e fale com Márcia.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email