94% dos brasileiros querem mudar de emprego, diz pesquisa

RIO – Pesquisa realizada com 570 profissionais no país mostra que 94% deles desejam mudar de emprego ainda este ano. Realizado pela Trabalhando.com, o estudo mostrou também qual a motivação desses profissionais: 57% têm intenção de mudar porque não enxergam possibilidade de crescimento na empresa em que trabalham atualmente, e 37% querem sair do atual cargo porque acreditam que o mercado está aquecido e reserva boas oportunidades, com remuneração mais atrativa. Dos 6% restantes, 5% dizem estar satisfeitos com a empresa na qual trabalham e 1% afirma não apreciar mudanças de emprego.

Segundo o diretor geral da empresa, Renato Grinberg, a tendência é muito boa, pois mostra que os profissionais não estão acomodados. Ele alerta, no entanto, que existe uma grande diferença entre intenção e ação:

— Muitos desses profissionais só conseguirão realmente realizar essa mudança se possuírem um planejamento claro de como chegar lá, e colocarem essas ações em prática. É preciso transformar o sonho de se conseguir uma oportunidade melhor em um objetivo real.

Grinberg afirma que é importante que o profissional faça uma autoanálise profunda para entender porque está insatisfeito:

— Algumas vezes a insatisfação no trabalho está ligada a fatores pessoais completamente alheios à empresa e uma simples mudança de atitude pode melhorar muito essa situação.

A seguir, confira dicas de Grinberg sobre sinais de que está na hora de trocar de emprego:

Marasmo – A falta de novos desafios e o estabelecimento de uma rotina geram a sensação de que não se aprende e não se desenvolve mais, fazendo com que o profissional se sinta estável e em uma situação tranquila demais.

Desânimo e insatisfação – O profissional sai de casa praticamente se arrastando porque quando pensa em ir para empresa sente que está indo para uma sessão de tortura.

Cansaço e saturação – Quando a dedicação e o interesse na empresa são totais, pouco se questiona as atitudes e decisões do chefe ou dos colegas de trabalho. Excesso de questionamento e opiniões divergentes podem ser sinais de que a visão do profissional não está mais alinhada com a da empresa.

Perder a admiração pelo chefe – Quando o profissional passa a não admirar e respeitar mais seu chefe direto é um sinal claro de que as coisas não vão bem. Perder a admiração pelo gestor é um bom motivo para começar a buscar outras oportunidades.

Fonte: O Globo

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email