Trabalho aos Sábados: Pagamento Contas Inativas do FGTS

Bancários debatem FUNCEF
30 de outubro de 2017
Sindicato paralisa posto de atendimento do Banco do Brasil na Pirapora
30 de outubro de 2017

Foi protocolada na última quinta-feira (26) junto à Superintendência Regional de Jundiaí um pedido de esclarecimentos sobre a quitação das horas trabalhadas pelos Gerentes Gerais das agências vinculadas à base territorial do Seeb Jundiaí, envolvidas no pagamento das contas inativas do FGTS durante os sábados 18/02, 11/03, 08/04, 13/05, 17/06 e 15/07.

Para Sérgio Kaneko, empregado CAIXA e diretor do Sindicato, o Pagamento das Contas Inativas operacionalizado pela CAIXA demonstrou mais uma vez que os empregados da CAIXA têm comprometimento com o povo brasileiro e compreendem a importância que a CAIXA representa para o Brasil, mas que independentemente disto, os direitos dos empregados envolvidos na ação sempre devem ser respeitados e garantidos.

“De acordo com o nosso ACT vigente, o sábado é considerado dia de descanso remunerado e os empregados que aceitaram o convite para trabalhar, independente da sua função, fazem jus ao recebimento das horas extras. Suspeitamos que a SR Jundiaí incorreu no erro de colocar empregados trabalhando sem o devido registro de ponto, como é o caso dos Gerentes Gerais, que são desobrigados de efetuar o registro diário de sua jornada, inviabilizando o cálculo para recebimento de horas extras. Em Jundiaí já tivemos um fato semelhante em uma das realizações do Feirão Caixa, onde a CAIXA foi notificada/autuada sobre o descumprimento da CLT” destaca Kaneko.

Até o fechamento desta matéria a SR Jundiaí ainda não havia prestado os devidos esclarecimentos.

Fonte: Seeb Jundiaí.