Sindicato paralisa agência do BB em Francisco Morato

CEF é autuada novamente por trabalho irregular aos sábados
6 de novembro de 2017
Empregados da Caixa arrancam proposta, mas ainda insuficiente sobre Saúde Caixa
9 de novembro de 2017

Banco continua sem atendimento à população desde as enchentes

O Sindicato dos Bancários de Jundiaí e região paralisou totalmente a agência do BB em Francisco Morato, que segue sem atendimento de caixas e auto-atendimento desde as enchentes que afetaram a cidade em janeiro deste ano.  Há 10 meses o banco somente abre as portas para negócios que lhe sejam rentáveis. “O BB tem um papel social importante e precisa prestar atendimento à população, por isso o Sindicato veio até aqui protestar com apoio dos cidadãos de Morato”, conta Álvaro Pires, diretor do Sindicato e funcionário do BB.

As máquinas 24 horas foram queimadas em decorrência do alagamento, impedindo clientes e usuários de utilizarem o auto-atendimento. “Já sugerimos à regional que traga as máquinas das agências que foram fechadas em Jundiaí,  Jarinú e Campo Limpo Paulista”, conta o diretor do Sindicato Silvio Santos, também funcionário do BB.

Silvio informa que o Sindicato já acionou a gerência regional e a superintendência do Banco e que aguarda uma resposta. “Além de deixar a população na mão, o banco tem sobrecarregado os funcionários das agências vizinhas, como Caieiras e Franco da Rocha, que são obrigados a atender toda a demanda local”.

População da cidade apoia ação do Sindicato